16 de fevereiro de 2011

Fogo e Sangue: A Queda!


Oh why are we so sad?
Are we feeling hurt by their evil eyes and all those empty words?
We are thirsty for payback?
What would we like to do with the town?
Wouldn't we like to make it dance (Ha ha ha ha) with the animal?
Would we? Would we?
Tell us, what we would like to do.
Burn it. Burn it all...
Sonata Arctica-WildFire
Eu possuía um plano, um bom o suficiente para dar uma razão aquela existência. Meu coração pulsava um enorme desejo de tirar meu povo da opressão e tirania do Imperador. A dinastia do sangue e terror, seria o nome apropriado para o modo de reinar do maldito. Destronar um Imperador era minha meta, porém eu não poderia invadir o reino com essa aparência, isso provocaria a morte de muitos irmãos.

Por algumas horas eu pensei no que aquele dragão me disse, eu já me portava como um dragão antes mesmo de me tornar um. Não dava valor pela vida humana, saqueava templos de outras culturas sem respeitar os deuses, matei mulheres e Crianças. Tudo para a felicidade e riqueza de um único homem. Como eu disse: “eu nunca fui um herói!” Os rostos dos mortos me assombram até hoje em sonhos...

Essa maldição me fez ver que às vezes para lembrar-se de ser humano é preciso tornar-se um monstro por fora. Aquele que faz de si uma besta não se livra da dor de ser homem apenas vira mais um enganado e iludido. Eu precisava de algum jeito achar a minha “Humanidade” novamente.

Então decidi voar sem rumo, até que estava aprimorado nessa arte. Por um momento, eu senti a brisa fina do outono. Aquilo era paz e felicidade ao mesmo tempo.. Percebi que a escama retirada do Dragão brilhava um azul celeste estranho. Só que parecia não ser o suficiente...

Foi quando eu reparei que alguns soldados, queimavam uma plantação de trigo. A fumaça foi o suficiente, para chamar minha atenção de longe observei uma criança chorando, seus pais estavam amarrados e abatidos. Uma imensa raiva surgiu em meu coração, quando os outros soldados foram agredir a criança. Minhas asas cortavam o vento, e minha velocidade foi extrema, com minhas garras e muito cuidado pousei em frente à criança, cuspindo labaredas para afastar os soldados, que responderam com lanças e outras armas inúteis que não perfuraram minha pele. Minha força era clara, todos foram derrubados subitamente.

Porém na hora de destruir a vida deles, lembrei do olhar daquela criança e parou o frenesi na hora. A besta não tomou conta do meu corpo.. Os soldados fugiram, com ameaças e todo aquele blábláblá, que o Imperador iria se vingar. Depois de algumas horas, não ira existir Imperador.

Quando tudo se acalmou a garota abraçou uma de minhas patas, e eu libertei seus pais das amarras. No começo ficaram meio apreensivos. Mas acho que encontraram a humanidade em mim. Depois disso eu resolvi, que a minha “humanidade” está no meu coração e nas minhas ações, e eu iria destronar o Imperador assim mesmo como um Dragão! Entreguei a escama para a garota, e fui caminhar novamente com o vento.. Até que sofro uma queda brutal de lá de cima. Não o suficiente para me matar, pois eu tive sorte de ainda estar voando em baixa altitude. Senti-me magro com os mesmos 70 kgs. Olhei eu possuía mãos, pés, cabeça, cabelo enfim, era humano, mas estranho.

Eu sentia a força do Dragão fluir em minhas veias, foi quando eu reparei que usava uma armadura de escamas de dragão. Até vinha com uma espada, toda trabalhada e com a lâmina mais bela que eu já contemplei. Ergui a espada para o alto e prometi que ela estaria enterrada no coração do Imperador antes do sol se por do dia de hoje!                                                                            

Caminhei até o castelo que era perto dos campos. Contemplei toda aquela estrutura feita de ouro, quem merece governar o povo deve ter um coração tão nobre quanto aquela estrutura!O filho do Imperador não era como ele, e era minha ultima esperança para trazer uma boa gestão ao império. De alguma maneira ele esperava por mim, minha visão aguçada reparou na quantidade de guardas que ele colocou na porta. “Esse sou eu retomando a minha vida! Esse sou eu retomando minha dignidade e honra, livrando o meu povo de um predador horrendo!” Foi meu ultimo pensamento, antes de derrubar todos a minha frente, minha força era a mesma, espadas se quebraram ao me tocar, lanças e flechas. Nada perfurava a minha carne!

Meu objetivo estava a uma porta de distancia nada iria me atrapalhar!O sangue pulsava esperança em minhas veias. Adentrei naquela sala esperando cumprir meu destino. Eu sempre fui um perdido, um manipulado por uma vontade cega. Agora é minha hora de fazer algo maior! Adentrei na sala e ouvi a destorcida voz daquele desonrado:

-“Acha que vai me derrotar só porque é um mestiço agora? O Imperador não pode ser derrotado.. Um homem não pode interromper o legado da Hierarquia sagrada! Eu sou a encarnação de Deus na terra! Prepare-se para ser apagado das páginas da história, seu sacrifício será minha oferenda!”

Furioso, fui de encontro ao maldito, com golpes rápidos eu avaliava suas defesas e tentava achar sua principal fraqueza. Seus golpes eram tão rápidos quanto os meus. E sua força era digna de um Imperador. Em um momento onde eu estava com a guarda baixa, tomei um chute forte no estomago, fui parar do outro lado da sala, eu consegui analisar a postura dele e vi que sua guarda no peito estava frágil.

“Hoje eu vou livrar o mundo de um Tirano, pode ser que eu não viva para ver o sol brilhar sobre o campo novamente mais meu sacrifício trará uma era de paz e felicidade para todas as pessoas, esse é meu caminho. O caminho do Mártir!”

Rapidamente corri preparando o golpe, porém isso desprotegia uma parte do meu peito, o Tirano também nossos golpes foram simultâneos, ambas as espadas encontraram o coração de seus adversários, enquanto me restavam alguns segundos de vida e eu o ouvi dizer:

-“Ainda não Acabou!”

Minha visão estava turva e tudo ao meu redor parecia ficar desfragmentado quando eu consegui ver meu Amigo Dragão Sábio que me estendia uma pata dizendo:

-É ainda não acabou!



  
  

@dkdree_ , Andy  Obrigado você me motiva a tocar essa bagaça!

Bom esse é o pseudo fim da saga fogo e sangue. É vai ficar um mistério ai, mais eu vou fazer um post que irá explicar todas as pontas soltas ok?  :) [/Tavlez, quem gostou comenta, isso me inspira a fazer mais rápido!-Q

2 comentários:

dkschiffer disse...

O que eu posso dizer se eu necessito de um texto seu?Dude, cada vez mais os post estão ficando mais fodões, cada vez mais aumenta uma vontade de ler e reler. Eu não só adoro, mas como amo o que você escreve. E se depender de mim, estarei até fim♥
MEU SWEETWOLF♥

@dkdree_

Victor Augusto disse...

Só to falando a verdade ê_e