20 de fevereiro de 2011

Cérebro Aposentado

Excuse me while I tend to how I feel
These things returns to me that still seem real
Now deservingly this easy chair
But the rocking stopped by wheels of despair
 Metallica- Hero of the day 

“Há algum tempo atrás existia um lutador, ele era considerado um monstro, pois quando subia no ringue para o combate não ia para perder. Seus socos eram rápidos e formidáveis, sua postura impecável. O Boxe ardia em seu coração atingindo uma camada mais profunda do seu ser, sua própria alma viva para derrubar o oponente. Com punhos flamejantes cada golpe tornava-se uma espécie de arma fatal, ele foi treinado para isso, além de tudo nasceu para isso. Atingir o status de lenda foi fácil, mais ambição o levou a um novo nível de status “Imortal” Ele marcou tanto o mundo do Boxe que seu nome foi gravado para todos os séculos pessoas se inspirarem nele”.

Até que o mesmo após um surto decide se aposentar, já que não existia ninguém de sua geração para derrotá-lo ele foi tido como o campeão dos campeões, belo título. Mas ninguém sabia o que se escondia atrás de um coração tomado pela sombra da dúvida, existia uma falha fatal que fez o homem parar de lutar. Antes de um homem partir para uma luta ele deve derrotar ele mesmo, destruir seu ego e todos seus demônios interiores. E foi assim que o campeão dos campeões afundou-se no esquecimento vivendo como um homem mais que normal. Que campeão se deixaria derrotar por uma profunda depressão? Foi tudo uma grande piada, seus produtos não vendiam mais nada daquela podre loja de auto-aperfeiçoamento rendia as coisas agora eram frias e cruéis fora do brilho e flashes estonteantes das câmeras.

Só quando você vira um fracasso total, atolado em dívidas, você aprende a dar valor em pequenas coisas, cada simples vitória seria como ter derrotado Golias. E então você aprende que desde pequenos fomos condicionados a pensar e agir como Vencedores, sendo que só temos valor ao olhar alheio sendo vencedores. Aliás, Vencer o que? É um jogo tudo isso?Viramos máquinas que executam o que fazemos de melhor. “No que você é bom?”. Tenho certeza de que já escutou essa pergunta.

Somente quando eu me vi longe de tudo e perdido em lugar nenhum eu dei valor a cada refeição a cada respiração! Em um mundo cada vez mais automatizado e cada vez mais condicionado ao divertimento dos próprios prazeres humanos em função da dominação é perfeito e bom demais pra mim.

O caos se inicia quando algo foge dos padrões do sistema, e você se sente perdido e depressivo o que na verdade é a sua salvação, pois você abriu os olhos para ver a realidade imunda do jeito que ela é!E quando você vê que essa perfeição é perfeita demais você busca a salvação de outro modo, deixando de existir!

“Se esse mundo foi criado à imagem da perfeição, esta deixou de existir quando o pensamento humano foi condicionado à ganância dos poucos.”



O ultimo registro do “Campeão dos Campeões”, encontrado baleado em seu apartamento, com a arma em mãos.  


“Aprenda a viver, descanse quando morrer. 
Tudo que você precisa está dentro de você”

Tyler Durden 

2 comentários:

Anônimo disse...

O melhor escritor de todos.

Victor Augusto disse...

RHUAHURHUAUHR que isso man?