1 de dezembro de 2010

Me deixe ver sua mão?




"Eu sou o passageiro
Eu rodo sem parar
Eu rodo pelos subúrbios escuros
Eu vejo estrelas saindo no céu
É o claro e o vazio do céu
Mas essa noite tudo soa tão bem"
O passageiro- Capital Inicial


Já lutei em situações diversas na minha breve existência, porém não se importe não vou vir com todo aquele papo de criança abandonada que conviveu com o lado obscuro da humanidade por muito tempo. Por todos os ventos que andei algumas coisas consegui observar sobre o ser humano, não é um papo de psicólogo não meu caro, nem ensino fundamental eu tenho.


E enquanto as pessoas esperam isso tudo acontecer à vida passa e elas se esquecem de aproveitar. Esquecem que a vida é linda de se viver, com dinheiro ou não, com amores ou completamente sozinhos, a vida é uma aventura que todos temos de viver e se preocupar apenas com o essencial! Seguindo esse caminho sinuoso me vou por todas as estradas e avenidas, ver o brilho da cidade ou do farol! 
"Ele vê sinais no céu
E ele vê as estrelas que saem
E ele vê a cidade em trapos
E ele vê o caminho do mar"
O passageiro- Capital Inicial



A lua brilhava próximo ao mar. A maré por sua vez estava agitada por tal encontro e desejava sempre estar com a lua, invejoso oceano. Todas suas forças foram inúteis para tentar alcançar a lua. Pois no fundo a alma do oceano sabia, que nem um tsunami terrível e devastador era capaz de alcançar sua amada lua. Além de tal esforço trazer diversos danos a outros seres que não tem nada a ver com o assunto.
Pensei enquanto observei o equilíbrio entre a lua e o mar, não havia muito que dizer naquele instante em si, pois a pureza do momento cala todas as palavras e ilumina todos os pensamentos a propósito desculpe pela educação, muito prazer, apesar de não possuir um nome certo sou chamado de Vidente por muitos. Não que eu tenha uma bola de cristal ou cartas de tarô, alias únicas cartas que tenho são as que eu tiro debaixo da minha manga.

Mas se existe um deus ele é no mínimo bem justo, me deu uma habilidade muito boa de lábia e não querendo me gabar uma excelente voz. Conseguia meus trocados ou fazendo pequenos shows em bares de estrada, ou pelo meu estereótipo e roupas como cigano, mais especificamente como vidente. Por muito tempo as estrelas foram meu teto, e isso eu soube respeitar, muitas pessoas temem porque estrelas estão acima de nós e elas sabem o nosso futuro.
E então entendi que da mesma maneira que as pessoas temem a deus, elas são curiosas e também querem saber do futuro e para isso eu tinha a chave as estrelas sempre me contavam coisas diversas, sobre pessoas que eu talvez fosse conhecer. A maneira mais fácil de fazer isso é dizer uma vida que você sempre sonhou casa, carro, mesa farta, algo não fora da realidade.
Sempre vai alguma coisa dar certo e essas coisas tem uma grande chance de acontecer. Porém a preocupação das pessoas no futuro são as incertezas, de fato concreto é que incertezas sempre irão existir. Nem minhas amadas estrelas que iluminam meu céu são livres de situações adversas. O sol pode apagar tudo pode acontecer!

2 comentários:

dkschiffer disse...

Ficou maravilhoso sweet! Novidade, você sempre surpreende <333
~@dkdree_

Uyara disse...

Adorei Vivi, muuuito bem ^^
Vc escreve muito bem, viu?
O título tá sensacional rsrs (:

"Esquecem que a vida é linda de se viver, com dinheiro ou não, com amores ou completamente sozinhos, a vida é uma aventura que todos temos de viver e se preocupar apenas com o essencial!"

É, tem razão...
Parabéns pelo blog o/

Beijoo :**
Uy